Tenha paciência!

Hoje é dia de dica rápida no Guia da Startup. E e dica rápida de hoje vai ser bem rápida, tb depois do post enorme de ontem:-P

A dica de hoje é:

Tenha paciência!

Por mais que aceleremos o desenvolvimento, o usuário tem seu tempo para ver, perceber e responder às mudanças. O caso que contei ontem, e que repito aqui para quem ainda não leu, sobre quando dobrei o preço da mensalidade do ContaCal e quase voltei atrás por não ter dado tempo para a mudança amadurecer:

No final de fevereiro decidi fazer um experimento. Resolvi mudar o preço de R$ 5,00 por mês para R$ 9,80 por mês para os novos assinantes, afinal R$ 10,00 tb era um preço bem aceito na pesquisa que fiz com os usuários. Quem era assinante antigo ou usuário de experiência antigo continuaria vendo o ContaCal com o preço de R$ 5,00 por mês, mas quem entrasse a partir de 1º de março iria ver e pagar R$ 9,80 por mês. Assim que fiz essa mudança, fiz tb pequenos ajustes na campanha de AdWords, revisando e mudando palavras-chave, com o objetivo de trazer para o site visitantes mais qualificados, ou seja, com mais chances de converter em trial e em pagante. Durante uns 10 dias após a mudança de preço e a mudança na campanha praticamente não tive nenhuma assinatura, o que estava começando a me deixar em pânico e quase me fez voltar atrás na mudança de preço!

Felizmente tive paciência e as assinaturas voltaram a aparecer, agora no novo preço e, o que é melhor, no mesmo ritmo de antes! Tanto que em março, com preço novo, tive a maior quantidade de novas assinaturas. Será que devo experimentar aumentar o preço de novo? Ainda é muito cedo para fazer essa experiência, mas tenho vontade de fazê-la. :-)

Próximo post

Amanhã vou publicar mais uma entrevista que fiz com o pessoal da Caelum sobre o produto web deles de cursos online.

Comentários

Vc já teve algum caso na sua startup em que precisou ter paciência? Compartilhe!

Livro sobre gestão de produtos

Vc gosta do tema gestão de produtos de software? Quer se aprofundar mais no assunto? Escrevi um livro sobre o assunto, dividido em 5 grandes áreas:

  • Definições e requisitos
  • Ciclo de vida de um produto de software
  • Relacionamento com as outras funções
  • Gestão de portfólio de produtos
  • Onde usar gestão de produtos de software
Capa do Livro Gestão de Produtos

Esse livro é indicado não só para quem tem software como seu core business, como tb para empresas que desenvolvem software sob demanda e empresas que não tem software como seu core business mas usam software para se comunicar com seus clientes como, por exemplo, escolas, bancos e laboratórios clínicos.

Interessou? Então adquira sua cópia hoje mesmo!

Newsletter

Se você quiser receber artigos por email sobre startup, gestão de produtos e gestão de TI, digite seu endereço abaixo e aperte enter:


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>