Por que é preciso fazer rápido o produto web?

Já falamos em alguns posts aqui no Guia da Startup sobre algumas definições e requisitos para se ter uma startup. Depois falamos sobre como ter ideias de produtos para a startup e que essas ideias vêm de problemas que as pessoas têm e e estão dispostos a pagar por essa solução. Estamos entrando agora no capítulo da mão na massa, na parte sobre como fazer um produto web.

E a primeira pergunta que vem à mente quando falamos em fazer um produto web é:

Por que é preciso fazer rápido o produto web?

Bom, precisar, não precisa. Como a startup é sua, é vc quem define suas metas e objetivos. Só que tudo o que a gente conversou até aqui está no campo da teoria. Mesmo as conversas com pessoas que têm um problema que vc vai resolver com seu problema web, mesmo a pesquisa que vc fez para decidir se seguia adiante com sua ideia de produto web, tudo isso é teoria. Vou lhe dar então 3 razões para vc fazer rápido o seu produto.

Razão 1: Vc só vai aprender alguma coisa útil sobre seu produto web quando as pessoas estiverem usando.

Quanto mais tempo vc demorar para colocar seu produto na rua, mais tempo vc vai demorar para aprender com pessoas reais se vc está no caminho certo. E pior, mais passos vc certamente estará dando na direção errada. Vc só vai saber se o produto web que vc fez realmente resolve o problema de algumas pessoas se essas pessoas usarem seu produto. Quanto mais tempo demorar para isso acontecer, mais tempo vai demorar para saber se seu produto é ou não é a solução do problema.

E se não for, o que vc faz? Conserta, ajusta, muda! Quanto mais cedo vc souber que o que vc está desenvolvendo não está no caminho certo, melhor, pois menos tempo, energia e dinheiro vc vai desperdiçar indo no caminho errado.

Razão 2: Quanto mais funcionalidade um produto tiver, mais difícil é de entender esse produto.

Existe um limite de funcionalidades que o usuário consegue entender. Quando colocamos funcionalidades demais, ao invés de criarmos uma solução para o problema do cliente, acabamos criando um novo problema para ele. Kathy Sierra, uma reconhecida instrutora de programação e de experiência do usuário, criou um gráfico de funcionalidades que ilustra de forma clara e divertida como a satisfação do usuário diminui à medida que aumentamos a quantidade de funcionalidades de um produto.

Razão 3: Quanto mais tempo vc demorar para lançar, mais tempo vai demorar para ter receita e, consequentemente, mais tempo demora para ter o retorno do dinheiro que vc investiu.

Quanto mais tempo seu produto web demorar para ter usuários e, consequentemente, clientes que em algum momento irão pagar pelo seu produto web, mais vc terá que investir do seu próprio bolso. Veja abaixo um gráfico típico de retorno de investimento de um produto. Enquanto vc não lançar seu produto e não tiver receita, tudo o que vc terá é custo, ou seja, vc estará na parte de investimento da curva abaixo. Isso só muda quando vc começar a ter receita e essa receita for maior que os custos mensais, aí vc entra na área descrita abaixo como rentabilidade mensal. Só depois de alguns meses nessa área é que vc terá o retorno do seu investimento. Veja como o caminho é longo.

Retorno de investimento de um produto web

Retorno de investimento de um produto web

Agora veja no gráfico abaixo, como um atraso de 3 meses em obter receita pode atrasar em 6 meses a obtenção do retorno do investimento. Será que esses 3 meses de atraso em obter receita valem a pena? O que vc vai fazer nesses 3 meses realmente compensam 6 meses de atraso no retorno do investimento?

Impacto do atraso do lançamento do produto no retorno do investimento

Impacto do atraso do lançamento do produto no retorno do investimento

Por outro lado, veja só o que vc ganha se conseguir acelerar o desenvolvimento de seu produto e o lançar 3 meses antes do planejado. Vc ganha 6 meses de retorno do investimento! E a explicação para isso não é só pq vc adiantou a entrada de receita, é pq vc gastou menos para poder lançar o produto mais rápido. Veja no gráfico abaixo.

Retorno do investimento de lançar um produto mais cedo

Retorno do investimento de lançar um produto mais cedo

Próximo post

Acabamos de entender as 3 razões de se fazer rápido um produto web. Amanhã vamos falar sobre como fazer rápido esse produto web. É preciso bons desenvolvedores? Bons designers de interface do usuário? O que é esse tal de MVP que tudo mundo fala?

Comentários

Vc tinha ideia que lançar rápido um produto web era tão importante? Vc conhecia essas 3 razões? Comente!

Livro sobre gestão de produtos

Vc gosta do tema gestão de produtos de software? Quer se aprofundar mais no assunto? Escrevi um livro sobre o assunto, dividido em 5 grandes áreas:

  • Definições e requisitos
  • Ciclo de vida de um produto de software
  • Relacionamento com as outras funções
  • Gestão de portfólio de produtos
  • Onde usar gestão de produtos de software
Capa do Livro Gestão de Produtos

Esse livro é indicado não só para quem tem software como seu core business, como tb para empresas que desenvolvem software sob demanda e empresas que não tem software como seu core business mas usam software para se comunicar com seus clientes como, por exemplo, escolas, bancos e laboratórios clínicos.

Interessou? Então adquira sua cópia hoje mesmo!

Newsletter

Se você quiser receber artigos por email sobre startup, gestão de produtos e gestão de TI, digite seu endereço abaixo e aperte enter:


13 ideias sobre “Por que é preciso fazer rápido o produto web?

  1. Discordo do desenho das curvas. Lançar um produto “mais rápido” implica em duas coisas:
    - Maior investimento inicial
    - Investimentos intermediários para corrigir débito técnico e/ou adicionar itens que faltaram na primeira versão.

    Com isso teríamos alguns dentes/desaceleração no retorno. De resto, bom artigo.

    • Ótimo ponto, Fabiano.

      Se quisermos lançar exatamente o mesmo produto, com as mesmas funcionalidades, só que mais rápido, você está certo, vamos ter que investir mais.

      Contudo, se conseguirmos lançar mais rápido porque definimos um conjunto mínimo de funcionalidades que resolve o problema do cliente e que ele enxerga valor, aí o investimento será pequeno. Esse, inclusive, foi o tema do post de hoje, sobre como fazer rápido um produto web.

      Sobre investimento intermediário para corrigir débito técnico e/ou adicionar itens que faltaram na primeira versão, concordo com vc que isso pode causar alguns dentes, mas há duas ressalvas:

      • a decisão de causar ou não esses dentes e até mesmo o tamanho desses dentes é de quem está gerenciando a startup. Essa pessoa pode decidir postergar o investimento ou então procurar uma forma mais criativa de pagar o débito técnico e/ou adicionar itens, sem ter que investir muito.
      • se o desenvolvimento não for terceirizado, ou seja, for feito por um dos sócios da startup, esse custo não impacta diretamente a receita mensal, assim como nenhum trabalho feito por qualquer um dos sócios não tem custo que impacte diretamente na curva de receita.

      Eu mesmo acabei fazendo isso no ContaCal. Chegou um ponto em que estava caro e demorava demais qualquer mexida na aplicação. Então resolvi desenferrujar minhas habilidades de programação (não programava há mais de 10 anos) para eu mesmo botar a mão na massa e fazer as mudanças que eu queria na aplicação. Com isso consegui reduzir o custo para zero.

      Abs e obrigado pelo questionamento! :-)
      Joca.

    • Essas ressalvas do Fabiano se aplicam a projetos de grandes empresas, não de startups. Startups em sua essência precisam ser mais rápidas que isso e com menor custo também, ou inevitavelmente irão à falência.

      Com relação à velocidade e custo de produtos iniciais, sugiro dar uma olhada no termo MVP, bem definido por Eric Ries no livro The Lean Startup.

  2. Pingback: Se vc não tem vergonha da primeira versão de seu produto, vc demorou demais para lançar. | Guia da Startup

  3. Pingback: Cuidado ao lançar um produto mínimo | Guia da Startup

  4. Pingback: Empresa que tem um software não web | Guia da Startup

  5. Joça concordo desde que as funcionalidades lançadas satisfaçam as reais necessidades e que o produto cumpra o que foi prometido em suas divulgaçoes e pesquisas. Essa questão do tempo acredito que seja o primeiro problema que a startup enfrenta. É algo muito relativo e perigoso, produto feito apenas pra ser lançado é perda de cliente na certa.

  6. Pra mim a Sony tá fazendo isso tudo para vender mais PS3.
    A fabrica abril em maio desse ano se colocassem o PS4 com um preço descente fabricado no Brasil mataria as vendas PS3.

    Todas as empresas tem algum tipo de cronograma para obter lucro e isso leva algum tempo para se concretizar, agora se o produto tiver pouco tempo no mercado local sem muitas vendas isso inviabiliza o retorno e prejudica o lucro vc acha que a Sony quer isso?

    Obs: A Sony já planejou tudo isso antecipadamente, ela não é boba, mas se esqueceu de um detalhe muito importante os gamers não são otários…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>