O que é o Guia da Startup e de Gestão de Produtos de Software?

É um guia que vai apresentar vários conceitos para ajudar você a criar e a gerenciar um produto web rentável, ou seja, um site que preste algum serviço que gere dinheiro suficiente para pagar as contas desse site e ainda sobrar algum dinheiro no seu bolso ou no caixa da empresa onde vc trabalha.

Os posts estão divididos em duas grandes categorias:

  • Startup: aqui falo sobre como começar um produto web do zero, somente com uma vaga ideia na cabeça e vontade de seguir adiante. A maioria dos posts apresentados aqui compõem o livro Guia da Startup. Acesse o índice para ver os posts disponíveis e localizar os textos que mais lhe interessem.
     
  • Gestão de Produtos: são os posts onde tenho abordado o tema de gestão de produtos, ou seja, como fazer seu produto crescer ou, caso ele não esteja indo bem, como perceber isso e como matar seu produto sem matar sua empresa. Daí a necessidade de estar sempre procurando novas oportunidades de criar novos produtos ou de adaptar seu produto para novos mercados.

Por que mais um blog falando sobre startup?

De um lado, fazer um produto web está cada vez mais simples. Tanto a infra-estrutura necessária para manter um produto web funcionando quanto fazer divulgação segmentada com o auxílio de ferramentas como Google e Facebook estão cada dia mais acessíveis e fáceis de usar. Do outro lado, a capacidade técnica existe, basta ver a ótima qualidade dos projetos web que são feitos para sites de grandes campanhas ou de ecommerce. Por que então não vemos produtos web de qualidade em abundância no Brasil? Nesse blog, que pretendo transformar em livro, irei compartilhar um pouco do que aprendemos nesses anos desenvolvimento de produtos na Locaweb para que possamos trocar experiências e, quem sabe, inspirar mais desenvolvedores a fazer novos produtos web brasileiros de sucesso.

Antes que vc avance mais, um aviso: não pretendo falar sobre private equity, capital de risco, seed funding e questões similares por três motivos.

  • Primeiro, já existe uma quantidade considerável de blogs, até mesmo em português, falando sobre isso.
  • Também prefiro não falar sobre isso pois nas minhas experiências de startup, tanto na Dialdata quanto na Locaweb, o dinheiro de investidor só apareceu muito depois do negócio já estar bem estabelecido, ou seja, muito depois da fase de startup, então não tenho experiência em startup com investidor externo, somente em startup auto-financiada.
  • Por fim, se vc tiver um produto web rentável em mãos a sua conversa com um investidor será bem mais fácil do que se vc tiver apenas um ideia na cabeça e um plano de negócios nas mãos.

Sendo assim, o foco desse blog será totalmente voltado para as startups auto-financiadas.

Uma pergunta que vc deve estar se fazendo é:

“Quem é esse cara para falar sobre startup e sobre gestão de produtos de software?”

Acho a sua pergunta bastante pertinente e apropriada, por isso aqui vai um pequeno histórico.

Minha primeira experiência com startup foi no final de 1992 quando eu estava terminando a faculdade de Engenharia da Computação no ITA e um tio meu me falou que ele conheceu um negócio muito bacana de computadores chamado BBS (Bulletin Board System). Ele não entendia nada de computadores mas disse que tinha algo a ver com redes e que se eu achasse interessante, a gente podia abrir um negócio juntos. Nasceu a Dialdata BBS (Bulletin Board System) que depois viria a ser um dos primeiros provedores de acesso a internet do Brasil em 1995. A empresa cresceu, foi vendida e o resto é história.

Em 2005 o Gilberto Mautner, que também estudou no ITA, me convidou para ajudá-lo a melhorar o processo de desenvolvimento de produtos na empresa dele, a Locaweb. Hoje temos na Locaweb um processo de desenvolvimento de produtos web capaz de colocar no mercado um produto de sucesso em menos de 6 meses com times enxutos de 6 a 8 pessoas, usando as melhores práticas de desenvolvimento que irei comentar nos próximos posts.

Fazer um produto web está cada vez mais simples. A infra-estrutura necessária para operar esse produto está cada vez mais acessível. Contudo, uma questão ainda me incomodava: será que é possível criar um produto web do zero, sem ter a força de uma marca forte para vender, sem ter grandes investimentos de marketing, e mesmo assim atrair clientes suficientes para ter produto rentável, ou seja, cuja receita pague as despesas? Surgiu daí, em agosto de 2011, o ContaCal, um experimento de startup que está servindo para mostrar que, além de ser simples criar um produto web e que a infra-estrutura necessária para operar esse produtos está cada vez mais acessível, é possível sim fazer esse produto conquistar novos clientes e ser rentável mesmo sem ter uma marca forte por trás e sem ter grandes investimentos de marketing.

Pelo aumento da quantidade e qualidade dos produtos web no Brasil!

Acredito que está na hora de os desenvolvedores de software do Brasil darem mais atenção ao desenvolvimento de produtos web. Existem grandes oportunidades nessa área e o Brasil é um mercado totalmente inexplorado. Normalmente os desenvolvedores de software se focam em desenvolvimento de sites, consultoria ou desenvolvimento de sistemas corporativos.

Em 2011 tivemos a ideia de criar o Marketplace Locaweb uma galeria de aplicativos web onde colocaríamos à disposição de nossos então 200.000 clientes, aplicativos web que pudessem facilitar seu dia-a-dia. Começamos a buscar aplicativos que tivessem alguns requisitos mínimos para poder fazer parte desse Marketplace, garantindo que nosso cliente tivesse uma boa experiência com os produtos que íamos indicar. Estávamos bastante empolgados com a ideia da galeria de aplicativos. Contudo, a dificuldade para encontrar produtos web que pudessem ser oferecidos em nosso Marketplace nos mostrou que mesmo o Brasil tendo muitos desenvolvedores web de alta qualidade – basta ver a qualidade dos sites que são feitos por esses desenvolvedores para empresas – esses desenvolvedores ainda não tiveram a oportunidade de dar a devida atenção ao mundo dos produtos web.

Nos últimos anos também tive a oportunidade de ajudar outros 2 tipos de desenvolvedor de software. Um deles era uma empresa de software que há mais de 15 anos desenvolve e licencia um software cliente-servidor para escritórios de advocacia. Há uns dois anos eles decidiram portar esse software para a web. É claro que não se move para a web mais de 15 anos de desenvolvimento de software de uma hora para outra, mas é preciso começar. É mais uma startup, um produto web que precisa ser criado e gerenciado de forma rentável!

O outro tipo de desenvolvedor com quem tive a oportunidade de interagir foi uma empresa de consultoria e treinamento, que queria desenvolver um produto web e não sabia ao certo por onde começar. Acabou descobrindo o que fazer, desenvolveu logo seu produto, colocou na web e não acreditou quando começaram as primeiras vendas! Mais uma startup, mais um produto web que precisa ser criado e gerenciado de forma rentável!

Todos esses desenvolvedores, assim como os desenvolvedores de sites, são desenvolvedores de alta qualidade, mas sempre estiveram com foco em outras coisas e só agora puderam se dedicar a criar e a gerenciar um produto web.

O Guia da Startup tem por objetivo dar um pouco mais de ferramentas para que mais pessoas se aventurem a criar e gerenciar produtos web rentáveis!

Dentre os assuntos que vão rolar aqui no Guia da Startup:

  • afinal, o que é uma startup?
  • opa, legal, vou largar o trampo e cuidar só da minha startup! quem paga a conta?
  • tenho um monte de ideias! qual escolho?
  • agora que eu sei o que fazer, é só fazer um produto bem legal, que faz um monte de coisa, que vai ser um sucesso?
  • então eu vou fazendo o produto e depois eu vejo como faço para deixar ele com uma cara bonitinha, né?
  • por que essa pressa em lançar logo o produto?
  • ok, já entendi que precisa lançar logo, mas como consigo lançar rápido?
  • ops, lancei o produto, e agora?
  • nossa, e esse monte de email de usuário me perguntando um monte de coisa, que chatice…
  • tenho mesmo que cobrar, não posso lançar grátis como o Twitter e Facebook?

Vou usar o ContaCal como exemplo principal mas pretendo usar outros exemplos para ilustrar os posts deste blog. Já tenho confirmadas as presenças do Cobre Grátis, do byMK / Fashiom.me e da Caelum que vai contar sobre sua startup de cursos online. Se vc tem um caso interessante para contar, será muito bem vindo! Quanto mais exemplos tivermos, melhor! :-)

Deixe o seu comentário, o que mais vc gostaria de ler sobre startup e gestão de produtos?

Livro sobre gestão de produtos

Vc gosta do tema gestão de produtos de software? Quer se aprofundar mais no assunto? Escrevi um livro sobre o assunto, dividido em 5 grandes áreas:

  • Definições e requisitos
  • Ciclo de vida de um produto de software
  • Relacionamento com as outras funções
  • Gestão de portfólio de produtos
  • Onde usar gestão de produtos de software
Capa do Livro Gestão de Produtos

Esse livro é indicado não só para quem tem software como seu core business, como tb para empresas que desenvolvem software sob demanda e empresas que não tem software como seu core business mas usam software para se comunicar com seus clientes como, por exemplo, escolas, bancos e laboratórios clínicos.

Interessou? Então adquira sua cópia hoje mesmo!

Newsletter

Se você quiser receber artigos por email sobre startup, gestão de produtos e gestão de TI, digite seu endereço abaixo e aperte enter:


47 ideias sobre “O que é o Guia da Startup e de Gestão de Produtos de Software?

  1. Parabéns pela Iniciativa Joca. Muito legal e interessante…. realmente a web e os desenvolvedores brasileiros precisam desse apoio.

    Abs,
    Taz

  2. Maravilha Joca!!

    É sempre bom ter alguem que faz parte da cena para nos passar como funcionam as coisas da maneira real.

    Se puder colocar um RSS para acompanharmos melhor…fica a dica!!

    Abraço.

  3. Meus parabéns Joca pela iniciativa, eu também sou um desenvolvedor e me pego muito na pergunta “O que posso fazer para desenvolver um produto de sucesso e rentável”. Tenha algumas idéias, mas estava estudando para saber como proceguir.
    Irei ficar de olho em seus posts para que possa aprender mais.

    Att.

    Legolas

    • Oi Legolas,

      Que legal que o assunto te interessa. Espero poder contribuir! :-)

      E fique à vontade para compartilhar o que vc está aprendendo!

      Abs,
      Joca.

  4. Excelente a iniciativa, a didática, a linguagem, os exemplos práticos, os passos para alcançar uma startup… Estou realmente adorando ler o seu blog, muito bom. Está me motivando a colocar em prática algumas ideias (pequenas ou grandes). Parabéns! E muito obrigado.

    • Oi Fabiano,

      Fico muito contente em saber que o que está sendo contado aqui está sendo útil para vc! Qdo puder, compartilhe as ideias q vc tiver colocado em prática e os resultados! :-)

      Abs,
      Joca.

    • Oi Caio,

      Que legal que vc está montando seu produto web. Acabei de acessá-lo e parece bem interessante. fiquei curioso para ver a evolução. Não deixe de compartilhar!

      Abs,
      Joca.

  5. Cara, muito boa sua iniciativa!
    Acredito que é isso mesmo que precisamos, alguém que realmente sabe do que está falando. Estou cansado de ler porcaria…
    Inclusive, estou precisando mesmo desses toques. Eu e um amigo, estamos com uma idéia que realmente acreditamos que terá repercussão positiva, mais não sabemos como iniciar…

    Obrigado pelo compartilhamento!
    Sucesso cara!

  6. Estou patinando há tempo demais na construção de meu site. Torço para que você tenha muito sucesso nesse blog, e vou espreitar qualquer respingo que me seja útil.
    Abraços, Bertilo.

    • Oi Gilberto,

      Obrigado! Sem dúvida os erros ensinam bastante, mas tb consegui evitar alguns erros lendo relatos de outros que já os haviam cometido anteriormente. Espero que os artigos publicados aqui lhe sejam úteis. Já publiquei vários posts que podem eventualmente te interessar:

      http://www.guiadastartup.com.br/indice/

      Abs,
      Joca.

    • Oi Ivo,

      Que legal que gostou da iniciativa. Tenho uma série de posts já escritos que talvez possam te ajudar:

      http://www.guiadastartup.com.br/indice/

      Acessei agora o seu site e sua ideia parece bem interessante.

      Algumas dúvidas:

      - o que te motivou a fazer esse sistema?
      - que tipo de problema vc pretende resolver com esse sistema?
      - vc já tem clientes? se sim, que feedback eles te deram?

      Abs,
      Joca.

  7. Muito legal Joca,
    Você tocou em um ponto que entendo como um grande desafio para mim, que é “Normalmente os desenvolvedores de software se focam em desenvolvimento de sites, consultoria ou desenvolvimento de sistemas corporativos.”
    Tenho vontade de me dedicar a um produto, mas sempre acabo me deparando com situações que dificultam isso, por isso vou acompanhar o blog e sempre que possível participar…
    Grande abraço

    • Oi Ricardo,

      Obrigado!

      E que bacana que vc já tem dois casos bacana. Fique à vontade para contar mais sobre eles aqui nos comentários.

      Abs,
      Joca.

  8. Joca, muito boa sua iniciativa!

    Na QCon comprei o seu livro e estou muito entusiasmado com as possiblidades, que são grandes!!!

    E como digo aos meus amigos, rumo ao triunfo!

  9. Olá amigo. Obrigado por compartilhar conhecimento. Estou iniciando o desenvolvimento de um ecommerce C2C e neste caminho ainda tenho duvidas grandes sobre:
    - Como calcular o preço do serviço? meu negócio é baseado em transações tipo Mercado Livre. Qum compra deve pagar o custo da transação financeira (tipo pag seguro) e mais uma parte que seria meu lucro de intermediar.
    - Depois de construido, Como lançar/divulgar o lançamento do site ?

    Não sei se teu livro aborda estes pontos mas pode me indicar alguma literarura site referencia? obrigado

  10. Olá Joca.
    Meu nome é Alex, tenho uma agência em Santo André, no ABC paulista a 14 anos, como muitas outras histórias que vc deve conhecer, a partir de problemas no dia-a-dia encontrei uma oportunidade nesse mercado se webapps. Na minha visão o Brasil ainda está engatinhando nessa área e tem muito mercado.
    A 3 meses contratei um programador e comecei a dar vida nesse novo projeto.
    Tenho lido muito sobre startups, scrum, desenvovimento ágil, etc… Semana passada comprei seu livro na Casa do Código e sinceramente, achei excelente, pois vc mostra casos reais, e isso pra mim, abriu a mente.
    Tanto abriu que fiz uma página, coloquei no ar ontem, junto com uma campanha no AdWords para, nesse mês, ver o retorno que dará e se estamos no caminho certo.
    Depois acesse lá: http://www.negocieapp.com.br – usamos sempre a locaweb :-)
    Temos nosso blog (www.pixxel.io/blog) onde quero colocar vários artigos sobre o andamento do aplicativo, as experimentações etc… Pois como vc, vejo que a transparência nos aproxima mais de nossos clientes e usuários.
    Um grande abraço e até mais!
    Alex

    • Oi Alex,

      Que bom que gostou do livro e que ele está sendo útil.

      Gostei do seu primeiro passo! Já cadastrei meu email lá e vou acompanhar seu blog.

      Abs,
      Joca.

  11. Olá Joca, tudo bem? Primeiramente, parabéns pelo blog!
    Encontrei o GS recentemente e já li todos os posts, os quais adorei!
    Gostaria de lhe resumir minha história e meu “problema”.

    Sempre fui muito criativo e apaixonado por programação.
    Já trabalhei em grandes projetos para a Vivo e Fiat e fiz vários trabalhos como freelancer, o que me deu uma boa experiência de ponta-a-ponta de um projeto web.

    Em 2010 criei uma rede social e coloquei 50 usuários por mês como meta. Surpresa! Na segunda semana eu já tinha mais de 2 mil usuários!! Gastei apenas R$ 30,00 do domínio e R$ 13,90 da hospedagem. No final do primeiro mês eu recebi uma proposta de um investidor e aceitei-a logo de cara. O valor era algo que eu nunca imaginaria receber por um projeto que eu desenvolvi tão rápido e “sem compromisso”. O resto é história.

    O problema: foco.

    Hoje, estou trabalhando em 5 projetos.
    4 desses projetos estão abandonados e o quinto é o que está na minha mesa de trabalho e pretendo terminá-lo pois já tenho alguns possíveis compradores.

    Tenho experiência, conhecimento e recursos mas meu maior problema é o foco.
    Basta ter alguma ideia melhor que a atual para que eu volte para a “estaca zero”.

    Você acha que, mesmo com o conhecimento, a paixão e toda a vontade que tenho em empreender, essa falta de foco possa ser sempre um problema ou será que é por que ainda não encontrei “o caminho” que me satisfaça?

    Obrigado!!

  12. Pingback: Arrumando a casa | Guia da Startup

  13. Olá,

    Tenho uma interessante sugestão de pauta: o lançamento do

    Ciwwic no Brasil.

    O Ciwwic (www.ciwwic.com) é uma rede comercial interativa que

    permite ao usuário consumidor enviar, em uma única ação, uma

    solicitação de atendimento a diversos usuários fornecedores.

    Busca minimizar três questões importantes e amplamente

    discutidas por especialistas em publicidade e negócios de

    todo o mundo: o excesso de informação, a invasão de

    privacidade e a falta de atenção aos usuários da web.

    Veja nosso ebook em book.ciwwic.com, que contém uma

    apresentação resumida.

    Temos também uma página exclusiva para relacionamento com a

    imprensa, com releases, imagens e arquivos. Acesse

    http://www.ciwwic.com/press e veja mais.

    Estou à disposição para quaisquer esclarecimentos.

    Atenciosamente,

    Amanda Lopes
    Gerente de Relacionamento

    http://www.ciwwic.com
    relacionamento@ciwwic.com

  14. Boa tarde Joca, tudo bom?

    Eu faço parte da equipe de desenvolvimento de conteúdo da LUZ Planilhas Empresariais e estamos entrando em contato com sites e blogs que abordem temas parecidos com os nossos e percebi que você fala sobre estratégia e Marketing, assuntos que nos interessam muito também! Por isso, listei abaixo alguns de nossos artigos e conteúdos que acredito que estejam de acordo com o tipo de conteúdo que vocês publicam e que podem gerar valor aos seus leitores:

    Ebook: Guia Rápido de Análise SWOT (http://blog.luz.vc/como-fazer/ebook-guia-rapido-de-analise-swot/)
    Ebook: Guia Rápido de Planejamento Estratégico (http://blog.luz.vc/como-fazer/ebook-guia-rapido-de-planejamento-estrategico/)
    Como fazer seu Planejamento Estratégico: Passo 1 – Posicionamento (http://blog.luz.vc/como-fazer/como-fazer-seu-planejamento-estrategico-passo-1-posicionamento/)
    Como fazer seu Planejamento Estratégico: Passo 2 – Metas e Indicadores (http://blog.luz.vc/como-fazer/como-fazer-seu-planejamento-estrategico-passo-2-metas-e-indicadores/)
    Como fazer seu Planejamento Estratégico: Passo 3 – Execução e Revisão (http://blog.luz.vc/como-fazer/execucao-e-revisao/)
    Antigo Marketing Vs. Novo Marketing (http://blog.luz.vc/tendencias/antigo-marketing-vs-novo-marketing/)
    A Importância do Marketing de Relacionamento (http://blog.luz.vc/o-que-e/importancia-marketing-de-relacionamento-para-sua-empresa/)
    Utilize o Excel em suas Estratégias de Marketing (http://blog.luz.vc/excel/utilize-o-excel-em-suas-estrategias-de-marketing/)
    Como Criar um Plano de Marketing (http://blog.luz.vc/como-fazer/plano-de-marketing/)
    Como Atender Mercados Inexplorados – Guia de Segmentação de Marketing (http://blog.luz.vc/tendencias/como-atender-mercados-inexplorados-guia-de-segmentacao-de-marketing/#sthash.3jTIAbxS.dpuf)
    O que são os 4 P’s, Marketing Mix ou Composto de Marketing (http://blog.luz.vc/o-que-e/4-ps-marketing-mix-ou-composto-de-marketing/)
    Todos os Tipos de Marketing (http://blog.luz.vc/o-que-e/todos-os-tipos-de-marketing/)
    Conheça suas armas: Matriz de mídias para marketing de conteúdo [Infográfico] (http://blog.luz.vc/tendencias/conheca-suas-armas-matriz-de-midias-para-marketing-de-conteudo-infografico/)

    Todo o nosso conteúdo é original e escrito e revisado por consultores empresariais, portanto, temos certeza que gostará!

    E caso tenha interesse, pode replicá-lo na integra em seu site, dando o devido crédito. E caso o faça, nos informe que teremos o prazer de divulgar em nossas redes sociais, ok?

    Um abraço e qualquer coisa é só falar!

  15. Parabéns pelo site, o conteúdo está bem objetivo, gosto muito disso!
    To pensando em criar um Startup sozinho mas não sei por qual ideia começo!
    A ideia menos lucrativa (quase totalmente pronta em minha mente) ou mais lucrativa (mais complexa)?
    Qual tua opinião?

    • Oi Cléber,

      Desculpa a demora em responder, dias corridos por aqui. Para escolher em qual ideia investir, além da lucratividade e da complexidade, vc deve tb pensar em outros fatores. Qual delas vc tem mais vontade de mexer? Qual delas vc conhece mais? Qual delas dá para rodar um teste simples e barato para testar? Além desses pontos, talvez valha tb pensar se faz sentido tocar sozinho desde o começo ou se pode ser bom ter companhia desde os primeiros dias. Enfim, a decisão é sua, mas recomendo que vc decida baseado em mais fatores.

      Depois que decidir e tocar adiante, lembre-se que dificilmente vc acertará de primeira. O mais importante nesse começo é vc aprender e ajustar ou mudar completamente o caminho de acordo com o que vc aprendeu.

      Abs,
      Joca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>