Buscando receita, mais um caso prático

A byMK nasceu como um hobby para Flavio Pripas e Renato Steinberg. Ambos trabalhavam na coordenação do departamento de tecnologia do Credit Suisse Hedging-Griffo, banco de investimentos formado pela parceria entre a Hedging-Griffo e o banco Credit Suisse. O produto web Foi desenvolvido em 4 finais de semana durante o mês de agosto de 2008 como uma brincadeira para ocupar as esposas. A byMK – que hoje se chama fashion.me – é uma rede social brasileira de Moda e Estilo. Nele as pessoas têm a oportunidade de viver a experiência de criar seus próprios looks com as peças que são colocadas no site pelos parceiros ou que são capturadas da Internet pelos próprios usuários, podendo compartilhar opiniões, criar contatos e exercitar sua criatividade.

Por sua natureza social, a visitação do site cresceu muito ao ponto de, em abril de 2009 de Flavio e Renato decidirem largar seus empregos e focar exclusivamente na byMK. Resolveram então buscar uma forma de receita. Decidiram então usar o que eles consideram as duas principais ferramentas que um empreendedor precisa, telefone e cara-de-pau. Começaram a ligar para algumas revistas de moda até encontrarem a revista Estilo que topou em maio de 2009 fazer uma parceria no byMK usando a ferramenta de criação de looks e permuta de publicidade na revista.

Nessa mesma época uma agência de publicidade os contactou para criar uma campanha baseada em um concurso de looks para uma grande rede varejista. Isso lhes deu a ideia de oferecer esse modelo de campanha para outras redes varejistas. Munidos de telefone e cara-de-pau, em maio de 2009 fecharam com a Renner. A campanha foi um sucesso, em 5 dias foram criados 1264 looks. Essa campanha rendeu à byMK sua primeira receita. Daí saiu o modelo de geração de receita que, em janeiro de 2010 os fez atingir a rentabilidade no mês, ou seja, receita suficiente para cobrir os custos mensais. Em 2010 conseguiram fechar R$ 500.000,00 de receita anual.

Próximo post

Amanhã vamos falar quais as vantagens e as desvantagens de oferecer planos gratuitos como visto em vários produtos web.

Comentários

O que vc achou da busca de receita da byMK/fashion.me? Vc conhece alguma outra história? Compartilhe!

Livro sobre gestão de produtos

Vc gosta do tema gestão de produtos de software? Quer se aprofundar mais no assunto? Escrevi um livro sobre o assunto, dividido em 5 grandes áreas:

  • Definições e requisitos
  • Ciclo de vida de um produto de software
  • Relacionamento com as outras funções
  • Gestão de portfólio de produtos
  • Onde usar gestão de produtos de software
Capa do Livro Gestão de Produtos

Esse livro é indicado não só para quem tem software como seu core business, como tb para empresas que desenvolvem software sob demanda e empresas que não tem software como seu core business mas usam software para se comunicar com seus clientes como, por exemplo, escolas, bancos e laboratórios clínicos.

Interessou? Então adquira sua cópia hoje mesmo!

Newsletter

Se você quiser receber artigos por email sobre startup, gestão de produtos e gestão de TI, digite seu endereço abaixo e aperte enter:


Uma ideia sobre “Buscando receita, mais um caso prático

  1. Bem interessante a historia envolvida na criação do fashion.me. Creio que para eles este tipo de receita é algo exclusivo dele. Claro existe as maneiras mais tradicionais como ja foi citado, mas nesse caso em especifico este tipo de receita foi possivel graças as atitudes dos empreendedores e do segmento.

    Excelente post e estou adorando o assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>